Confira!
Capa >> Colunas >> Lésbica na Adolescência?

Lésbica na Adolescência?

por Del

Esses dias, lendo os emails enviados para o Parada e para o Sapas no Divã me deparei com uma mensagem de uma menina de 11 anos. Fiquei meio chocada e as pessoas pra quem contei sobre isso também ficaram. É muito cedo pra meninas dessa idade pensarem nesse tipo de coisa.

Este é o pensamento que qualquer pessoa comum, sã e normal tem. Porque é o mais óbvio e o mais coerente. Independente de ser homo, hetero, pan, nessa faixa etária o normal é estar fazendo e experimentando outras coisas.

Eu quando tinha essa idade estava mais interessada em brincar na rua, montar meus legos, jogar meu video game, ir no colégio, rir com as amigas, praticar esportes, acho até que me atraí por algumas meninas e beijei alguns meninos, mas a infância e adolescencia foram tão intensas em outros sentidos que não me sobrava tempo pra pensar nessas questões de relacionamentos ou no que eu iria gostar e ser.

A principio eu tinha decidido não responder este e-mail, mas então veio outro e mais outro e outro… De meninas diferentes, mas todas novas, nessa faixa de 11 a 14 anos e com a cabeça cheia de dúvidas. O que foi me fazendo concluir que isso é mais normal do que a gente imagina e que essas garotas precisam ser orientadas. Decidi por fim lidar com esse assunto delicado e tentar de alguma forma orientar essas meninas da melhor forma possível, que se chegaram ao ponto de escrever para o site, é porque estão realmente angustiadas com isso.

Adolescência já é uma fase difícil por sí só, imagina com esse tipo de dúvida que confunde até mulheres pra lá de formadas. Os hormônios começam a se manifestar e milhões de novas sensações surgem.

Então, pras meninas que são novas e acabaram de perceber que tem desejos por outras meninas, o que eu recomendo em primeirissimo lugar é MUITA CALMA NESSA HORA.

É muito cedo pra decidir qualquer coisa, a vida é um leque de possibilidades, nunca sabemos pelo que vamos passar e quem vamos encontrar, ou o que vai mudar ou quem vamos conhecer, muito menos por quem vamos nos apaixonar.

Procurem viver o momento de vocês sem se preocupar demais com o que vai acontecer no futuro ou com o que se é e o que não é, sempre com muito cuidado pois existem muitas pessoas má intencionadas, principalmente na internet que podem querer usar dessa confusão e dessa inocência para proveito próprio, gerando problemas que vão ser bem mais difíceis de se consertar no futuro.

Sentir atração nessa idade é normal, toda e qualquer pessoa, homem ou mulher, também sente, daí a levar isso a cabo e sair se relacionamento é outros quinhentos.

Tudo, tudo nessa vida tem seu tempo e vai chegar uma época na vida de vocês que pensar em relacionamentos vai ser uma coisa diária, mas enquanto não é, vale a pena viver com calma e antes de se definir se é lésbica/hetero/bi, procure conhecer todas as opções, antes de chutar a porta do armário, pois isso é uma atitude muito decisiva na vida de uma pessoa que não se decide de uma hora pra outra, ou baseada somente em um desejo.

Se as confusões ficarem muito fortes, aí o que recomendo é abrir o jogo com seus pais, mas num sentido de se estar em dúvida e confusa e se não houver abertura com os pais, a ajuda profissional com um psicólogo é sempre bem vinda.

Espero ter ajudado.

Beijos, Del.

Sobre Del Torres

Editora/Criadora/Webdesigner/Faz-de-tudo-um-pouco do Parada Lésbica - Publicitária & marketeira digital. Extremamente sincera, palhacinha e bem humorada. S2

Deixe seu Comentário

Scroll To Top
Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.