Confira!
Capa >> Colunas >> Entre duas…e três ! – Partes 17 e 18

Entre duas…e três ! – Partes 17 e 18

“Já pensou você com seios nas mãos? São moles!”

Capítulo 17

Nunca vou me esquecer de um desses momentos de confidência em que, depois de mais um relacionamento fracassado com um homem, contei a uma amiga íntima que pensava em me relacionar com mulheres.
Geralmente, ela ignorava com um dos chavões clássicos mencionados no texto anterior: “Isso é dor de cotovelo! Passa!” Mas, devido a minha insistência, ela decidiu dar mais voltas no assunto:
- Cláudia, eu acho que você fala essas coisas da boca pra fora! Não é possível! Você é muito intelectual, cheia de ideias, mas, às vezes, não pensa no que significa colocá-las em prática…Já imaginou você com uma mulher? Já imaginou você com seios nas mãos? São moles…Mulheres são, são, moles! Cara, me desculpa, mas você sabe o que você vai ter que fazer? Já se imaginou com a boca lá, chupando…?
Cara de nojo!
E eu pensando: será que estou tão por fora de mim mesma que estou criando uma ilusão, fantasiando isso tudo?

O depoimento da amiga “cabeça aberta”

Capítulo 18
Suzana é minha melhor amiga, há vinte e cinco anos. Passamos toda uma vida escolar juntas e talvez ela seja a pessoa que sabe mais sobre mim, fora Anne. Ela não é do tipo que diz “não faça isso” ou “deixe de ser boba”, mas compartilhou sua própria experiência com uma mulher comigo.
Mesma coisa…”Pode parecer romântico, mais fácil porque você imagina as afinidades de estar com alguém do mesmo sexo, inovador, o que seja…Mas, na hora H, não dava pra mim!”
Será que eu me enquadraria na mesma categoria? Da chamada “bi-curiosa”? Ou, melhor dizendo nesse caso, “hetero curiosa”?
Só que eu não era hetero…
E não sabia…

Sobre Sabine Mendes

Sabine Mendes nasceu em 17 de Outubro de 1979, na cidade do Rio de Janeiro. É linguista aplicada, analista do discurso e ativista pela não violência. Seu primeiro conto foi publicado na coletânea "Solarium" (Ed. Multifoco, 2009). Em 2011, lançou seu primeiro livro de contos de crônicas, "Mil Pedacinhos Coloridos", pela Agbook.

Deixe seu Comentário

Scroll To Top
Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.