Pare de aceitar migalhas

Assim como existe aquela voz da razão que fala: “Olha, isso me parece uma cilada” e tem sapatão que adora ignorar, existe também uma voz da razão que sempre fala: “Miga, essa pessoa aí não quer nada contigo e tá te fazendo de trouxa” e que adivinha só? As sapatão adoram ignorar também.

Na paixão, somamos dois. No amor, somos um

A matemática do amor é o aluno que transgrediu as regras, faltou as aulas. É o aluno despretensioso que subtrai querendo somar. É o aluno que testa seus conhecimentos e reprova em todas, não por falta de habilidade, mas porque não há resultado prático. E ele enxerga isso. Seus pais enxergam isso. Seus amigos. O…

Feminismo e RLI/Poliamor(es)

Ou: Relações não monogâmicas como possibilidades de ruptura com sistemas de opressões às mulheres Boa madrugada! Começo conversando com vocês lembrando que não precisamos nos aprisionar em rótulos. Eles são reducionistas e não comportam toda a multiplicidade e fluidez com que podemos existir no mundo. Já escrevi um pouco disso aqui . Mas, como forma…